quarta-feira, 31 de dezembro de 2008


Que este novo ano traga algo de melhor à nossa sociedade e esperemos que não seja tão mau quanto o previsto...

Boas Entradas em 2009!!!

Sejam felizes...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Curso Língua Gestual Portuguesa


A Língua Gestual Portuguesa (L.G.P.) é a língua natural da Comunidade Surda e está consagrada como tal na Constituição da República desde 20/09/1997 no Artigo 74.º (Ensino) alínea h).
É uma língua com cerca de 200 anos, utilizada por pessoas surdas entre si e por ouvintes que com elas comuniquem.
As crianças surdas adquirem naturalmente a L.G.P. a partir do momento em que são inseridas na Comunidade Surda.
É uma língua visuo-gestual, produzida através de gestos, expressão facial e corporal e compreendida através da visão.
A L.G.P. é uma língua como qualquer outra, com uma estrutura gramatical complexa e uma forte componente cultural enraizada na Comunidade Surda.

Para mais informações: http://www.apsurdos.pt/

Banco de Voluntariado de Mação precisa de colaboradores

«O Banco Local de Voluntariado de Mação precisa de voluntários para desenvolver acções cívicas relacionadas com a ciência, cultura ou educação junto do ensino pré-escolar, 1º ciclo e restantes níveis de ensino. Necessita ainda de pessoas para animação sócio-cultural no ATL, centro de dia e lar de idosos e para apoio a actividades lúdicas na biblioteca e ludoteca. As inscrições podem ser feitas até final do ano junto do Serviço de Acção Social, pelo telefone 241 571 541 ou pelo e-mail sas@cm-macao.pt.

Actualmente são parceiros do Banco Local de Voluntariado de Mação 19 voluntários e 23 entidades. Recentemente foi realizada uma acção de sensibilização junto das crianças e jovens das escolas e jardins-de-infância do concelho. A intenção foi consciencializar para a importância do voluntariado, incutindo o espírito de solidariedade e de ajuda ao próximo.»

Fonte: O Mirante

"Hortas Solidárias"

«Os Bancos Alimentares portugueses vão desenvolver já a partir do início de 2009, em conjunto com a Direcção Geral de Serviços Prisionais, uma iniciativa inovadora em Portugal e na Europa de plantação de ‘Hortas Solidárias’ nos terrenos livres dos estabelecimentos prisionais. Esta acção vai contribuir para promover mais actividades de cariz laboral por parte dos reclusos e produzir legumes para entrega a populações com dificuldades económicas.

Os produtos hortícolas cultivados pelos reclusos vão ser entregues ao Banco Alimentar mais próximo. Sob a orientação de um orientador em cada local, a produção de legumes vai avançar a partir do início do ano em cinco estabelecimentos prisionais: Setúbal e Pinheiro da Cruz, em articulação com o Banco Alimentar de Setúbal; Leiria, em articulação com o Banco Alimentar de Leiria-Fátima; Santa Cruz do Bispo, em articulação com o Banco Alimentar do Porto; e Alcoentre, em articulação com o Banco Alimentar de Lisboa.»

Fonte: http://www.bancoalimentar.pt/noticias.php?nwsid=100

domingo, 28 de dezembro de 2008

APSS

A ameaça demográfica

Portugal confronta-se com uma ameaça que não podemos ignorar: a ameaça demográfica. No ano passado tivemos mais óbitos que nascimentos. A população só não se reduziu porque os imigrantes compensam o défice demográfico, mas em breve começará a declinar.

Desde 1982 o índice de fecundidade desceu abaixo dos 2,1 necessários para assegurar a renovação das gerações. Com a esperança de vida a aumentar, o número de idosos cresce enquanto desce o dos que provêem ao seu sustento. Prevê-se em meados do século 3 idosos por cada habitante activo.

Quais as consequências? Uma das mais sérias é a crise da Segurança Social gerada pelo crescimento do número de aposentados e queda do número de activos.

De acordo com o Nobel da Economia Gary Becker, a queda do capital humano reduz o crescimento das economias levando a um alargamento do fosso que separa dos países mais desenvolvidos, como já sucede por cá.

Outro fenómeno relacionado é a desertificação. O Conselho de Alcoutim, com 14 nascimentos/ano para 70/80 óbitos, não é caso único. Várias escolas têm encerrado por falta de alunos enquanto os lares de idosos estão a abarrotar!

Esta situação é susceptível de modificação?

«Muitos países têm-no conseguido com políticas promotoras da família e natalidade, respeitando a dignidade do ser humano desde a concepção à morte natural.

Ter filhos tem custos, por vezes elevados. Precisamos de políticas que os reduzam ou os compensem, especialmente para as famílias numerosas.

Precisamos de medidas de conciliação do trabalho com a vida familiar, equipamentos sociais como creches e jardins de infância a baixo custo, abonos de família mais elevados ou reduções tributárias a partir do 3º filho.

Algumas destas medidas já existem entre nós, mas são na maioria insuficientes e inconsistentes com as políticas antifamília adoptadas.»

Valentim Xavier Pintado, professor da FCEE-Católica

sábado, 27 de dezembro de 2008

Mensagem de Natal

«O Primeiro-Ministro, José Sócrates garantiu na sua mensagem de Natal transmitida pela televisão, que o Governo usará todos os meios possíveis e ao seu alcance para ajudar as empresas, os trabalhadores e as famílias no ano de 2009, ano que será particularmente “difícil e exigente”.»


Será???

domingo, 14 de dezembro de 2008

Newsletter da APSS Dezembro


Mais estágios profissionais e apoio a quem contrata jovens

«O Governo incluiu, no plano de combate à crise, várias linhas de medidas para preservar o emprego. Numa delas, apoiam-se os jovens no acesso ao trabalho, por 105 milhões de euros.

São criados mais 12 mil estágios profissionais para jovens (o que eleva o total para 37 mil), sobretudo licenciados e em áreas de baixa empregabilidade, anunciou o ministro do Trabalho e Solidariedade Social, Vieira da Silva, na conferência de imprensa a seguir ao Conselho de Ministros extraordinários, onde foi aprovado o plano.

Nestes casos, o estágio será precedido de um período de formação de reconversão, a realizar por empresas ou instituições de ensino superior especialmente vocacionadas para o efeito.

Está ainda decidido o pagamento de apoio à contratação no valor de 2 mil euros, acrescido de isenção de dois anos de pagamento de contribuições para a segurança social na contratação de jovens. Esta medida é apenas para entidades empregadoras que contratem sem termo e a tempo completo, jovens até 30 anos à procura do 1º emprego ou jovens desempregados há mais de seis meses.

Em alternativa, as empresas podem optar pela isenção total de pagamento de contribuições durante três anos.

Para poderem beneficiar destas condições, as empresas têm a obrigatoriedade de manutenção dos postos de trabalho abrangidos por um período mínimo de três anos. A medida só é válida para 2009 e apoia 20 mil empregos jovens.»


Fonte: Agência Financeira, Paula Gonçalves Martins

Voluntariado

Procuram-se Voluntários para a Passagem de Ano

A ProAtlântico – Associação Juvenil precisa de Voluntários para ajudar na organização da Festa de Passagem de Ano que se vai realizar para 250 idosos do concelho de Oeiras em parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, Juntas de Freguesia e Centros de Dia.

Todos os anos participam cerca de 40 voluntários de vários pontos do país e até de países vizinhos que permitem tornar possível a realização deste evento que já vai na sua 7ª edição.

Para além de idosos também estarão presentes crianças de casas de acolhimento e pessoas com deficiência de instituições de Oeiras.

Para os Voluntários trata-se de uma oportunidade ímpar para começar o ano com um brilho novo nos olhos e com a sensação de ter contribuído para o esboçar de muitos sorrisos.

Se queres ser voluntário podes inscrever-te através do 214218417.

Mais informação disponíveis: http://www.proatlantico.com/vivamais/index.html

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Livro: Migrações e Relações Multiculturais


MIGRAÇÕES E RELAÇÕES MULTICULTURAIS.
UMA BIBLIOGRAFIA

José Luís Garcia, coord.

Comunidades portuguesas. Celta. Oeiras, 2000.




Bibliografia construída a partir de determinados recursos de uma área de conhecimento migrações, relações multiculturais e sociedade, recolhida em bibliotecas portuguesas.
Dirige-se a estudantes, professores e investigadores, técnicos da administração central das autarquias, membros da ONG, associações de emigrantes e imigrantes, activistas pelos direitos, organizações políticas.

Livro: Prática e Estratégia de Formação Profissional da Administração Pública

PRÁTICA E ESTRATÉGIAS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.
ESTUDO DE CASO NO INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, IP

Vanda Silva Nunes

Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa. Lisboa, 2007.

Estudo que tem por objectivo contribuir para a reflexão sobre as práticas e estratégias de formação profissional no contexto dos processos de Reforma da Administração Pública portuguesa, ao longo do tempo. Neste sentido, organiza-se em quatro principais capítulos:
- Enquadramento da formação profissional: os contextos económicos, sociais e organizacionais;
- O quadro conceptual da formação profissional: o conceito, as finalidades, as práticas e as estratégias no contexto da Administração Pública;
- A reforma da Administração Pública;
- O Instituto da Segurança Social, I.P. – estudo de caso.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

V Congresso Nacional de Gerontologia

Irá realizar-se o V CONGRESSO NACIONAL DE GERONTOLOGIA. Tal como nos anos anteriores este encontro cientifico decorre nos dias 17 e 18 de Dezembro de 2008, (quarta e quinta-feira), na Fundação Engenheiro António de Almeida, (Localização: Avenida da Boavista – Porto, frente ao SHERATON HOTEL.

Este V CONGRESSO NACIONAL DE GERONTOLOGIA tem por objectivo, promover aos participantes as competências e práticas necessárias para a avaliação, intervenção e reabilitação junto das pessoas idosas.

As inscrições limitam-se à capacidade do Auditório. A Fundação disponibiliza de parque de estacionamento gratuito para todos os participante inscritos.

Para informações (inscrições e reservas):
Tel. /Fax. 22 203 30 46
Telm. 96 76 48 777 / 91 637 03 57/ 93 654 35 36
e-mail: geral@cmstatus.org

Técnicas deixam juízes incrédulos

«Os depoimentos das técnicas da Segurança Social de Santarém, sobre a forma como instruem os processos de adopção, causaram ontem perplexidade ao colectivo de juízes que está a julgar Adelina Lagarto, no Tribunal de Torres Novas, por sequestro agravado e subtracção de menor –a pequena Esmeralda.

As três responsáveis relataram ao tribunal os passos dados a partir do momento em que Adelina Lagarto e o marido, Luís Gomes, entraram com o processo de adopção da menor, e confirmaram que tiveram apenas o casal como fonte de informação para elaborar os relatórios.

"Tem a noção de que com essa metodologia pode estar a cometer as maiores atrocidades na vida das pessoas?", perguntou Cristina Sousa, a juíza-presidente. Maria Carolina Pereira, coordenadora da equipa de adopção do Centro Distrital de Segurança Social, não respondeu. Antes, uma assistente social do IRS de Tomar disse ter telefonado a Adelina Lagarto, pedindo-lhe que entregasse a menina ao pai, Baltazar Nunes, desmentindo assim a arguida, que alega nunca ter sido notificada para entregar a menor. O julgamento prossegue a 5 de Janeiro.

Segundo o blogue Esmeralda-Sim, a juíza que tutela o processo de regulação de poder paternal determinou ontem que a criança fique com o pai entre 19 e 27, para passar o Natal. E que Baltazar Nunes passe a assistir às reuniões de pais e às consultas médicas. »

Fonte: Correio da Manhã, Francisco Pedro

Oferta de Emprego

Empresa Multinacional pretende admitir Coordenador(a) Técnico(a):

Perfil:
• Formação: Ciências Sociais e Humanas (Psicologia, Técnicos de Serviço Social, Sociologia, entre outras)
• Experiência - Mínima de 5 anos ao nível Técnico e/ou Coordenação de Equipas

Outras características /competências: Maturidade, Sensibilidade, Empatia, Escuta Activa, Liderança, Capacidade de Organização e Planeamento, Responsabilidade, Autonomia.

Factores Críticos:
• Disponibilidade Imediata
• Mobilidade para deslocações nacionais

Os candidatos (as) interessados (as) deverão responder até dia 12.12.2008 através do site NET-EMPREGOS

Fonte: http://www.net-empregos.com/detalhe_anuncio_livre.asp?REF=641305

Metade das reformas antecipadas já são por desemprego

«Mais de metade (51%) dos novos pensionistas com reformas antecipadas vêm de uma situação de desemprego de longa duração, mostram os dados da Segurança Social, para o período de Janeiro a Novembro deste ano, a que o «Diário Económico» teve acesso.

Até Novembro, houve mais 15.244 desempregados de longa duração que desistiram de encontrar emprego e saíram do activo, pedindo o acesso à pensão de velhice antecipada.

«São trabalhadores que o mercado não absorve», comenta Carlos Pereira da Silva, professor do ISEG. «Em princípio, serão pessoas que começaram a trabalhar cedo, têm baixas qualificações e não conseguem reentrar no mercado de trabalho», acrescenta o economista.

Analisando a evolução dos pensionistas com reforma antecipada, verifica-se que o número de trabalhadores que entram neste regime vindos de uma situação de desemprego prolongado continua a aumentar, apesar de o número total de reformados, com menos de 65 anos, estar a cair desde o início deste ano. Ou seja, embora em termos líquidos haja cerca de quatro mil pensionistas a menos em situação de reforma antecipada (seja porque ultrapassaram os 65 anos, seja por morte), entre Janeiro e Novembro deste ano há mais 3.770 pensionistas que entraram neste regime vindos de uma situação de desemprego.»

Fonte: Agência Financeira, MD

Loulé: operadores do Mercado oferecem cabazes a IPSSs

O conselho de administração e os operadores do Mercado Municipal de Loulé, com o apoio da autarquia local atribuíram cabazes de Natal a três instituições de solidariedade social do concelho, esta quarta-feira, 10 de Dezembro.

A UNIR - Associação dos Doentes Mentais, Famílias e Amigos do Algarve, a EXISTIR - Associação para a Intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas e o Centro de Acolhimentos “Os Miúdos” da Casa da Primeira Infância foram as IPSSs que beneficiaram desta acção.

“Esta é uma iniciativa inédita que partiu dos vendedores do Mercado, em que houve vontade de ajudar aqueles que mais necessitam, contribuindo para esta quadra natalícia seja mais substancial e que seja também uma noite de paz e com o espírito de fraternidade” disse na ocasião o vereador da Câmara de Loulé responsável pelo pelouro da Acção Social, Possolo Viegas.

Paralelamente à atribuição destes cabazes, a autarquia começa também hoje a fazer a distribuição dos cabazes de Natal às famílias carenciadas das onze freguesias do concelho.

Fonte: Região Sul, CE/RS

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

“Telha Amiga” abre portas em Janeiro

A partir de Janeiro, Coimbra passa a contar com um novo equipamento social, cujos custos obrigaram a um investimento superior a 400 mil euros. Trata-se do Centro de Noite “Telha Amiga”, instalado num edifício recuperado na Travessa da Rua Velha, com capacidade para 12 pessoas com autonomia, para as quais a noite representa «um sofrimento acrescido». A gestão e funcionamento ficam a cargo da Casa de Repouso de Coimbra, aguardando-se, agora o apoio da Segurança Social.

O acordo de gestão entre o município e a Casa de Repouso de Coimbra foi ontem celebrado nas instalações da Telha Amiga, onde, já a partir de Janeiro, uma dúzia de utentes pode beneficiar de uma ceia, passar a noite, tomar o pequeno-almoço e regressar depois à sua vida normal.

A nova obra surgiu inserida num meio marcado por uma «população envelhecida, carente» e onde se encontra muita gente a viver com «condições de habitabilidade abaixo da dignidade humana», lamentou o autarca, acrescentando que a “Telha Amiga” é «uma gota de água» do que a Câmara Municipal está a desenvolver na área social. Destaque, por exemplo, para a distribuição de refeições aos fins-de-semana e feriados às populações carenciadas, numa missão em que também entra a Casa de Repouso de Coimbra.

José Fernandes, administrador-delegado da instituição, disse estar «muito sensibilizado», com o convite da Câmara Municipal. «Para nós, significa o reconhecimento de uma actividade de 160 anos, em prol da cidade, dos mais pobres. Não nos esqueçamos que nascemos como Asilo de Mendicidade de Coimbra. Continuamos com a mesma matriz que tínhamos», frisou.

Nos termos do acordo, ontem assinado entre as duas partes, a autarquia tem a responsabilidade de transferir, mensalmente, para a Casa de Repouso um duodécimo de 84.016,93 euros, a verba calculada para os custos anuais de funcionamento do equipamento social. Esta transferência será revista logo que o Instituto de Segurança Social, através do Centro Distrital de Coimbra, celebre acordo de cooperação com o Centro de Noite.

O processo será agora liderado pela Casa de Repouso, no entanto, Sidónio Simões acredita que não haverá dificuldades na cooperação, até porque o projecto foi financiado pelo Programa Operacional do Emprego, Formação e Desenvolvimento Social (POEFDS).

Fonte: Diário de Coimbra, Patrícia Isabel Silva

Alcobaça vê aprovado projecto comunitário de promoção do empreendedorismo

«Foi recentemente aprovado o projecto comunitário em que Alcobaça, a par com sete municípios e uma universidade, quer recuperar sectores de actividade em declínio, fortalecer a coesão económica e social do território e o desenvolvimento urbano sustentável.

No âmbito do Programa de Iniciativa Comunitária URBACT II, o NOSE – Network of Social Enterprises, coloca no topo das prioridades o apoio e encaminhamento a empreendedores.

O primeiro objectivo do projecto, já pré-aprovado na primeira fase, é diagnosticar as necessidades e potencialidades das regiões candidatas, criando depois boas condições de trabalho e de fixação para jovens licenciados e promovendo o empreendedorismo para pequenas e micro empresas no sector terciário, através da concorrência saudável entre cidades.

Para isso, e no seguimento da medida “Cidades, motores de crescimento e criação de emprego, prevê-se a criação de uma rede de incubadoras de micro-empresas, entre outras iniciativas.

Os parceiros deste projecto são Gela (Itália), Koropi (Chipre), Agrinion (Grécia), Xativa (Espanha), Grenoble (França), Haninge (Suécia), Brigthon (Reino Unido) e a Universidade de Chieti (Itália), além de Alcobaça. O orçamento global é de 687 mil euros, comparticipados a 75% por fundos comunitários. Ao município português cabe executar 62 mil euros.

Na primeira fase tinham sido pré-aprovadas 25 candidaturas. À fase de desenvolvimento, passaram apenas 19 projectos, entre os quais o que envolve Alcobaça. Resta agora definir o formato final de todo o projecto, suas acções e dalendarização, o que deverá acontecer nas próximas semanas.

O projecto será depois desenvolvido ao longo de 30 meses, com diversas acções de promoção, sensibilização e apoio aos diversos agentes económicos que estarão envolvidos no NOSE, como Juntas de Freguesias, Escolas, Univas, membros representantes de Associações Culturais e Sociais, IPPS’s entre outros.

Algumas das acções previstas passam pela promoção da interacção através de trocas de experiências, visitas temáticas e eventos de promoção, a produção de um Plano de Acção Local, a selecção das aspectos-chave para o desenvolvimento do programa e a apresentação dos resultados.»


Fonte: Gazeta das Caldas, Joana Fialho

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

V Encontro da CPCJ de Coimbra


Dia 12 de Dezembro, a partir das 09h15, no Auditório do Instituto Pedro Nunes, terá lugar o V Encontro da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco de Coimbra, cujo tema será "A Assertividade no Comportamento dos Jovens".

Todos os interessados em obter mais informações, ou fazer a sua inscrição podem contactar o secretariado através do telemóvel: 912292722 ou do email:
ibrito.amaral@cm-coimbra.pt
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o JavaScript terá de estar activado para que possa visualizar o endereço de e-mail
.

Fonte: http://www.cm-coimbra.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=595&Itemid=189

Oferta de Emprego

A UMAR Açores – Associação para a Igualdade e Direitos das Mulheres, pretende admitir a tempo inteiro e por Contrato a Termo Certo pelo prazo de 1 ano, um/a Técnico/a Superior de Serviço Social de 3ª para desempenhar funções na Delegação da ilha do Faial, na Casa de Abrigo e prestar apoio a outras valências e actividades desenvolvidas pela Associação.

Prazo de Entrega das Candidaturas: 10 dias úteis a partir do dia seguinte ao da publicação do presente anúncio.

Formalização e Entrega de Candidaturas: Os requerimentos de admissão e curriculum vitae deverão ser dirigidos à Direcção da UMAR Açores, podendo ser entregues pessoalmente ou remetidos através de correio, registado, com aviso de recepção, para o seguinte endereço: Rua de São João, nº33, 2º andar, 9500-107 Ponta Delgada, São Miguel – Açores, ou para o e-mail: umar.nadia@gmail.com.

Métodos de Selecção: Avaliação Curricular (30%), Prova Escrita de Conhecimentos (30%) e Entrevista Profissional (40%).

Todos os métodos de selecção são eliminatórios.

Em caso de igualdade de classificação será realizada uma segunda avaliação aos/às candidatos/as.

Para mais informações, os/as interessados/as poderão contactar os telefones: 296 283 221 (Sede Regional) ou 292 292 401. (Delegação da ilha do Faial).

Fonte: Net Empregos

Livro: Benchmarking Policy Measures for Gender Equality in Science

BENCHMARKING POLICY MEASURES FOR GENDER EQUALITY IN SCIENCE

Directorate-General for Research

Office for Official Publications of the European Communities. Luxembourg, 2008.

Relatório que avalia as políticas e as medidas com indicadores que medem a presença das mulheres na ciência, dando uma descrição geral interessante e original sobre as várias situações nacionais e ensaia uma sinopse europeia. Iniciando com uma descrição geral das políticas implementadas nos diferentes países, o relatório avalia-as e testa a sua correlação com indicadores medindo a presença das mulheres na ciência, em diferentes níveis de senioridade Apresenta, ainda, uma actualização sobre as políticas nacionais e os perfis estatísticas dos 33 países representados no Grupo de Helsínquia, e introduz, pela primeira vez, dados dos países do Báltico Ocidental.

Oferta de Emprego

O GRUPO NETT está a recrutar para prestigiada empresa cliente da área das telecomunicações, situada em Lisboa:

URGENTE: Operador Call-center (M/F)

PERFIL EXIGIDO:
- Licenciatura em Psicologia, Serviço Social, Sociologia, Antropologia
- Discurso fluente, boa dicção e facilidade de comunicação
- Capacidade escuta activa e empatia
- Disponibilidade total e imediata

HORÁRIO:
- 16h-24h com folgas ao Domingo e 1 dia útil da semana

FUNÇÃO:
- Neste serviço os operadores fazem o atendimento/apoio a vítimas que contactam devido a problemas sociais

OFERECE-SE:
- Vencimento base 426€
- Subsídio alimentação 6€/dia
- Proporcionais
- Cerca de 600€ líquidos/mês + Bónus Performance

LOCAL TRABALHO
- Lisboa (Estefânia)

FORMAÇÃO
- Das 9h às 13h na Estefânia

Os candidatos interessados deverão enviar C.V. com a máxima urgência para sofia.cardoso@gruponett.com ou contactar para:
GRUPO NETT
A/C Sofia Cardoso
Av. Duque d'Ávila n.º104-A 1050-084 Lisboa
Tel. 21 351 41 60 Fax. 21 351 41 69

Fonte: NET EMPREGOS

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Oferta de Emprego

O CPJ é uma IPSS que acolhe Crianças e Jovens em Risco. Recrutamos uma ajudante da acção educativa/monitora para o nosso quadro de funcionários, em regime de full-time (40 horas semanais).


Os requisitos necessários são: disponibilidade imediata, escolaridade mínima 12ºano e competências de relacionamento interpessoal.
Oferecemos contrato de trabalho, alimentação feita no local, 2 folgas semanais sendo rotativas, salário base 483€.


Horário pretendido das 15h às 23h. Se preenche os requisitos acima e tem interesse e disponibilidade para este horário, envie seu curriculum para recrutamento.CPJ@gmail.com.


Fonte: Net Empregos

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Agenda

II Encontro de Intervenção Precoce do Distrito de Portalegre - "A Arte de Prevenir e Capacitar"
Local: Cine-teatro de Ponte de Sôr
Data: 3 e 4 de Dezembro de 2008

Conferência ”O Novo Código do Trabalho: O que Muda nas Relações de Trabalho em Portugal?”
Local: Hotel Tiara Park Atlantic, Lisboa
Data: 4 de Dezembro de 2008
http://www.globalestrategias.pt/formacao/Documents/CONF%20O%20NV%20CODIGO%20DO%20TRAB_LX_2%20CONV_4folhas_V3_V9.pdf

Organização e gestão da qualidade na área social
Local: Núcleo Distrital de Lisboa
Datas: 4, 5, 10 e 12 de Dezembro de 2008
Inscrições: Associados: 45€; Não associados: 90€

A pobreza... será possível erradica-la?
Local: Museu Municipal de Viana do Castelo
Data: 4 de Dezembro de 2008
Hora: 14.00

Intervir para a Qualidade
Local: Auditório do Instituto Politécnico de Beja
Data: 4 de Dezembro de 2008
E-mail: cercibeja-geral@mail.telepac.pt

Formação Contínua “Avaliação e Intervenção Psicológica na Esquizofrenia: The cognitive Remediation Therapy”
Local: Vila do Conde
Data: 5 de Dezembro de 2008
http://www.psicologia.com.pt/profissional/formacao/ver_formacao.php?id=1533&grupo=1

II Encontro da CPCJ de Tomar
Local: Auditório da biblioteca de Tomar
Data: 5 de Dezembro de 2008
Para formalizar inscrições, que são gratuitas, basta enviar email com nome completo para cpcj@cm-tomar.pt

O mapa da rede e eco-mapa diagnóstico das Redes de suporte social
Local: APPACDM de Viseu
Data: 5 de Dezembro de 2008
Hora: 14.30

I Congresso Ibérico de Educação Especial
Local: Auditório da Universidade Lusíada do Porto
Data: 5 e 6 de Dezembro de 2008
Sítio web: www.scmp.pt

1ª Marcha da Associação Nacional de Esclerose Múltipla - Caminhar pela Igualdade
Local: Rotunda da Praça Gonçalves Zarco (Castelo do Queijo), no Porto
Data: 6 de Dezembro de 2008
Sítio web: www.anem.org.pt

8º Torneio Internacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas
Local: Pavilhão do Estádio 1º de Maio
Data: 6 e 7 de Dezembro de 2008
Sítio web: www.apd.org.pt

Seminário "Sombras da Sociedade"
Local: Auditório do ISPGaya
Data: 9 de Dezembro de 2008
Para mais informações: seminario.sombrasdasociedade@ispgay.pt

Sixth Annual Meeting “Migration, Social Coehsion and Governability”
Local: ICS, Lisboa
Data: 9 e 10 de Dezembro de 2008
http://www.ics.ul.pt/instituto/?

Congresso Nacional de Enfermagem de Reabilitação 2008
Local: Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, Pólo B
Data: 9 e 10 de Dezembro de 2008
Sítio web: www.apenfreabilitacao.blogspot.com | www.aper.com.pt

A utilização das TIC na Educação Especial
Local: Auditório 2 – Escola Superior de Educação (IPL)
Data: 10 de Dezembro 2008
Horário: 16H00 – 18H00
Inscrições:Via e-mail para crid@esel.ipleiria.pt
Telefone: 244 829 488

Workshop "Inclusão Activa: Um novo ímpeto para a Europa Social"
Local: Beja
Data: 10 de Dezembro de 2008
Outras datas e locais: 17.Dez _ Guarda; 18.Dez _ Arganil

A sexualidade no indivíduo institucionalizado
Local: Paço da Cultura, Guarda
Data: 10 de Dezembro de 2008

Encontro Internacional de Inovação Social
Local: FIL, em Lisboa
Data: 10 e 12 de Dezembro de 2008
http://www.poweringanewfuture.org/

X Congresso Luso Afro-Brasileiro de Ciências Sociais “Sociedades Desiguais e Paradigmas em Confronto”
Local: Universidade do Minho, Braga
Data: 10 a 12 de Dezembro de 2008
http://www.xconglab.ics.uminho.pt/

Ciclo de Conferências em Sociologia da Infância - "Espaço Público e Gerações"
Local: Auditório do Centro Multimédia IEC/IEP/ICS
Data: 11 de Dezembro 2008
http://www.iec.uminho.pt/ModuleLeft.aspx?mdl=~/Modules/UMEventos/EventoView.ascx&ItemID=1843&Mid=178&lang=pt-PT&pageid=3&tabid=0

Acção de Formação “Diálogo Intercultural”
Local: APF, Lisboa
Data: 11 a 19 de Dezembro de 2008
Informações: 21 385 39 93 ou
E-mail: saraduarte@apf.pt

Pesquisas sobre Serviço Social: Resultados Empíricos e Debate
Local: ISCTE, Lisboa
Data: 12 de Dezembro de 2008 às 9h
Informações: 217 903 000

Tecnologia e Inclusão na Educação Especial
Local: Sala de formação da Federação Nacional de Cooperativas de Solidariedade Social
Data: 12 de Dezembro de 2008

Seminário "O social em Debate"
Local: Auditório Municipal de Gondomar
Data: 13 de Dezembro de 2008
http://www.vaiavante.com/

Práticas de responsabilidades social - limites e potencialidades
Local: UTAD, Vila Real
Data: 15 de Dezembro de 2008

Fonte: REAPN, INR, Ideal Social

Dia Internacional da pessoa com deficiência


O Dia internacional das pessoas com deficiência é uma data comemorativa internacional promovida pelas Nações Unidas desde 1998, com o objectivo de promover uma maior compreensão dos assuntos inerentes à deficiência e para mobilizar a defesa da dignidade, dos direitos e o bem estar das pessoas. Procura também aumentar a consciência dos benefícios trazidos pela integração das pessoas com deficiência em cada aspecto da vida política, social, económica e cultural. A cada ano o tema deste dia é baseado no objectivo do exercício pleno dos direitos humanos e da participação na sociedade, estabelecido pelo Programa Mundial de Acção a respeito das pessoas com deficiência, adoptado pela Assembleia Geral da ONU em 1982.

Revista online Animação e Educação

Caros colegas e amigos,

A Associação Nacional de Animação e Educação (ANAE) vem por este meio divulgar a terceira edição da Revista online Animação e Educação relativa aos meses de Dezembro, Janeiro e Fevereiro – http://www.rae.pt.vu/

A RAE apresenta três artigos científicos:

Artigo I – A Mulher Portuguesa à Luz da Sabedoria Popular

De Carla Patrícia Dias Rijo

Artigo II – A Prática Musical: Educação, Cultura e Inovação

De Sandrina Milhano

Artigo III – Educação para o Consumo

De Susana Henriques

Nesta Edição poderá encontrar uma entrevista ao Dr. Tinta Ferreira, Vereador da Educação do Município das Caldas da Rainha, numa profunda reflexão em torno do papel das autarquias na organização e desenvolvimento da educação pública portuguesa.

Poderá também consultar as oportunidades que apresentam bolsas e projectos muito interessantes e também o novo Cartoon de Bruno Prates sobre os computadores Magalhães.

No Fórum desta edição discutir-se-á o tema: "Os Professores da Escola Pública Portuguesa".

A página da ANAE apresenta noticias da associação, novos projectos e propostas para a comunidade educativa http://www.anae.pt.vu/

O Director da RAE

Miguel Oliveira

Livro : Rendimento Social de Inserção. Relatório Anual de Execução 2007

RENDIMENTO SOCIAL DE INSERÇÃO. RELATÓRIO ANUAL DE EXECUÇÃO 2007

Instituto da Segurança Social, I.P.
ISS, I.P. Lisboa, 2008.

Relatório anual sobre a execução da medida de protecção social (prestação e inserção), analisando os Relatórios Trimestrais de Execução do Rendimento Social de Inserção, através da informação desagregada por distritos, procurando identificar os conceitos subjacentes aos dados estatísticos compilados, os dados mais relevantes para a gestão da medida, a componente processual da prestação, os montantes da mesma e a população abrangida (beneficiários e família), e a componente de inserção em duas vertentes: acordos celebrados e áreas de inserção.

Frio em Lisboa motiva cuidados para os sem-abrigo

«As equipas de rua de apoio aos sem-abrigo de Lisboa estão a ter cuidados adicionais, como distribuição de agasalhos, apesar de não se justificar accionar o plano de contingência do frio, informou a vereadora da Acção Social.

As equipas de rua, que reuniram hoje, estão com atenções especiais, como o reforço da distribuição de agasalhos», disse à Lusa a vereadora Ana Sara Brito (PS).

A directora do departamento de Acção Social, Filomena Marques, acrescentou que além da distribuição adicional de cobertores e agasalhos, são igualmente distribuídos alimentos mais calóricos e quentes.

O plano de contingência em caso de vaga de frio só é accionado quando o concelho está abrangido por um alerta laranja, o que não é o caso de Lisboa, que está como todo o distrito em alerta amarelo, explicou a responsável.

A população sem-abrigo de Lisboa é constituída maioritariamente por homens, alcoólicos, com idades entres os 35 e 44 anos, fixados sobretudo nas freguesias dos Anjos e do Socorro, segundo um levantamento da equipa de rua da autarquia, a que a Lusa teve acesso em Maio.

Foram identificados 1187 sem-abrigo ao longo do ano de 2007, contactados pelas equipas de rua ou em atendimento social, a esmagadora maioria são homens (83 por cento), e têm entre 34 e 44 anos (26 por cento), 25 e 34 anos (22 por cento) e 45 e 54 anos (21 por cento).

O alcoolismo afecta 49 por cento dos sem-abrigo, que são igualmente vítimas de toxicodependência (32 por cento) e de problemas mentais (20 por cento).»

Fonte: Diário Digital / Lusa

Novo Código do Trabalho reforça combate aos recibos verdes e contratos a prazo

O combate à precariedade é um dos principais objectivos do Governo com a revisão do Código do Trabalho, que deverá entrar em vigor no início de 2009, e do regime de contribuições para a Segurança Social.

Desde logo, a nova legislação laboral reformula os indícios que permitem detectar a utilização ilegal de contratos a termo e de recibos verdes e reforça as sanções aplicadas às empresas que insistam nestas práticas. Em última instância, os empregadores poderão ter de fechar portas durante um período máximo de dois anos e perder os apoios concedidos pelo Estado.

A contratação a prazo fica ainda sujeita a novas restrições: a sua duração passa dos actuais seis para os três anos e terá em conta os contratos temporários ou a prestação de serviços com o mesmo empregador ou grupo de sociedades que a empresa integre.

Mas uma parte das medidas principais para combater a precariedade só entrará em vigor com a revisão do Código Contributivo, ou seja, depois de Janeiro.

Fonte: Jornal Negócios On line, Raquel Martins

Países lusófonos com mais 110 milhões de habitantes em 2050

«A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) deverá ter mais 110 milhões habitantes em 2050
do que actualmente, passando para cerca de 357 milhões de pessoas, estima a ONU num relatório divulgado este mês.

Os dados do estudo do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) apontam para um crescimento da população de cerca de 44 por cento nos Estados da CPLP, que em 2050 concentrará quase quatro por cento do total da população mundial (estimativa de 9,1 mil milhões de pessoas).

O relatório do UNFPA, que traça o retrato da população mundial, não apresenta dados relativos a São Tomé e Príncipe, cuja população actual está estimada em cerca de 206 mil pessoas.

Dos sete países da CPLP abrangidos, todos registarão um crescimento populacional até 2050, à excepção de Portugal, que perderá habitantes, estimando a ONU que passe dos actuais 10,7 milhões para 10 milhões de pessoas. Angola, Guiné-Bissau e Timor-Leste verão as suas populações crescer mais do dobro. Segundo as estimativas da ONU, Angola passará de 17,5 para 44,6 milhões de habitantes, a Guiné-Bissau de 1,7 para 5,3 milhões e Timor-Leste de 1,2 para 3,5 milhões.

Em 2050, segundo o relatório, Moçambique terá 39,1 milhões de habitantes, em vez dos actuais 21,8 milhões, e Cabo Verde deverá atingir um milhão de habitantes, quase o dobro dos actuais 540 mil. O Brasil, o país mais populoso da CPLP, passará dos actuais 194,2 milhões de habitantes para 254,1 milhões.

O relatório aponta ainda em 2008 a existência de populações maioritariamente urbanas em Angola (57 por cento), Cabo Verde (60 por cento), Portugal (59 por cento) e Brasil (86 por cento).

O acesso a água potável não registou melhorias em nenhum dos países da CPLP analisados no relatório, mantendo Moçambique a pior taxa neste domínio, com apenas 43 por cento da população coberta. No extremo oposto está o Brasil, com uma cobertura de 90 por cento, embora o relatório não disponibilize indicadores sobre Portugal, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe nesta área.

Quanto a Portugal, o relatório da UNFPA revela que nos próximos 42 anos deverá perder mais de 500 mil habitantes, uma tendência contrária à maioria dos países da Europa Ocidental, que verão a sua população aumentar nas próximas décadas.

O documento refere que Portugal terá menos 700 mil habitantes, passando dos actuais 10,7 milhões para os dez milhões, o que representa uma diminuição de 6,5 por cento. Apesar de perder cerca de 6,5 por cento da população ao longo das próximas décadas, nos próximos dois anos, o país deverá ver a sua população aumentar no curto prazo cerca de 0,4 por cento.»

Fonte: "O Emigrante - Mundo Português"

Famílias de acolhimento vão receber mais 4 euros

«O valor do subsídio mensal da Segurança Social atribuído a uma família de acolhimento pelo seu serviço passa de 168 euros (em 2008) para 172,41 euros, por criança, em 2009, de acordo com as actualizações publicadas ontem em Diário da República (DR), ou seja, terá um aumento de apenas quatro euros. Um aumento igual para o caso de famílias que recebam crianças e jovens "problemáticas e com necessidades especiais relacionadas com situações de deficiência, doença crónica e problemas do foro emocional ou comportamental". Só que uma família que acolhe este tipo de crianças recebe o dobro da retribuição mensal normal já referida. Assim, se em 2008 o montante que a família recebia por criança especial acolhida era de 336 euros, no próximo ano passa a ter um subsídio da Segurança Social de 344,82 euros.

A esta remuneração pelo serviço prestado, num caso ou noutro, acresce o valor do subsídio de manutenção, destinado a assegurar as necessidades da criança, tal como explica fonte oficial do Instituto da Segurança Social. Em 2009, este subsídio será de 149,51 euros por criança.


Já as famílias de acolhimento de idosos ou pessoas adultas com deficiência passam a ter uma remuneração mensal de 213 euros pelo serviço prestado. Um valor que se eleva para 426 euros no caso de a pessoa que recebem estar numa situação de grande dependência. O montante do subsídio de manutenção será de 216,64 euros, por pessoa, de acordo com os número publicados ontem em Diário da República


Fonte: DN Online

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Natal Solidário

A campanha "Natal Solidário 2008" " levada a cabo pelo Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) da CERCINA, Cooperativa de Ensino e Reabilitação de Crianças Inadaptadas da Nazaré, está já em marcha.

Durante o ano os utentes do CAO empenharam-se na criação de postais de Natal, que já se encontram disponíveis para venda na comunidade.

A Cooperativa está receptiva a encomendas de postais, bastando para isso contactar através do número de telefone 262 562 595, do e-mail cercina.cao@gmail.com ou visitar a CERCINA.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Dia Mundial da luta contra a SIDA

«O Dia Mundial da Sida assinala-se hoje pela vigésima vez em todo o mundo, uma efeméride que visa lembrar uma infecção que já atingiu mais de 33 mil pessoas em Portugal desde 1983.

Este ano, o lema das comemorações é a liderança, numa referência à importância de envolver os líderes políticos no combate à sida e, nomeadamente, para que estes assumam os compromissos assumidos para 2010 de garantir o acesso universal à prevenção e ao tratamento.

Em Portugal, aproveita-se o dia para destacar o papel das Organizações Não-Governamentais, em especial na prestação de cuidados e apoio social às pessoas que vivem com a infecção.

Na cerimónia oficial, a decorrer no Auditório dos Recreios da Amadora, estará a ministra da Saúde e a Associação de Jovens Promotores da Amadora Saudável, uma entidade que completa 15 anos de actividade e que há dez desenvolve o projecto "Viver com o VIH".

Serão ainda colocadas telas alusivas ao Dia Mundial da Sida no Parlamento e em outros 1510 edifícios públicos de todo o país para recordar que a resposta à doença é um assunto que diz respeito a todos.

Numa iniciativa conjunta dos Ministérios da Saúde e da Educação, será ainda lançado, na terça-feira, um concurso para premiar os melhores projectos de prevenção do VIH nas escolas.

O concurso destina-se aos 2º e 3º ciclos do ensino básico e ao ensino secundário.

O Dia Mundial de Luta Contra a Sida surgiu durante um encontro mundial de ministros da Saúde sobre programas de prevenção da sida, em 1988.»

Fonte: Agência Lusa, Público

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Projecto de asinoterapia e asinomediação

A Cerci – Flor da Vida da Azambuja, instituição que acolhe e apoia crianças e jovens com deficiência dos concelhos de Alenquer, Azambuja, Vila Franca de Xira e Cartaxo, vai iniciar no próximo ano uma terapia inovadora na região que usa o burro como instrumento terapêutico. Chama-se asinoterapia e também inclui a asinomediação.

A instituição vai ter à disposição 30 mil euros para gastar na implementação do projecto, fruto de uma vitória recente num concurso televisivo. Os burros escolhidos para terapeutas são de raça mirandesa, uma raça única em Portugal e que está ameaçada de extinção.

A asinoterapia consiste no uso do burro como instrumento de interactividade entre o ser humano e o animal. O contacto com o pêlo, a temperatura do corpo e a actividade do próprio animal permitem aos técnicos de educação especial tentar corrigir problemas de postura ou comportamentais nas crianças com deficiência, ao mesmo tempo que ajuda o utente a aumentar a motivação, o bem-estar e a participação, em especial, nas actividades lúdico-pedagógicas. A asinomediação é praticamente idêntica à asinoterapia, com a diferença de não necessitar de uma equipa multi-disciplinar, composta por um psicólogo e um terapeuta, como sucede no cenário anterior.

“Existem muitas terapias com animais, sobretudo com cavalos e golfinhos. Nós escolhemos o burro, um animal afável e pachorrento, que pode trazer muitos benefícios sociais e educacionais”, explica Nelson Pereira, técnico superior de educação especial e um dos responsáveis pelo projecto.

Nesta nova terapêutica podem participar pessoas de todas as idades, desde crianças com deficiência até idosos de lares e retiros da região.

Vinte e oito anos a servir as pessoas com deficiência

A Cerci da Azambuja foi a grande vencedora, no distrito de Lisboa, do programa da SIC “a nossa terra quer”, um programa que visa premiar projectos inovadores de cariz social nos diversos distritos nacionais. O prémio, de 30 mil euros, vai ser usado na concretização do projecto de asinoterapia e asinomediação que a Cerci já tinha em mente. Juntamente com a instituição da Azambuja (que ganhou com 65,8 por cento dos votos dos telespectadores), concorreram também os projectos do Lusitano Clube e do Centro Social do Sobralinho. “Ficámos muito satisfeitos por ter ganho, apesar de sempre termos pensado que tínhamos boas condições para vencer”, refere a O MIRANTE Carlos Neto, presidente da instituição.

Fonte: O Mirante

“Um brinquedo por um Sorriso”

Hoje em dia, o brinquedo e as brincadeiras ocupam o lugar mais importante na vida das crianças. No entanto, as crianças especiais são confrontadas com obstáculos que as impossibilitam de usufruir destes momentos. É essencial permitir às crianças portadoras de deficiência o acesso a brinquedos que lhes possibilitem gozar da actividade lúdica e situações de brincadeira com outras crianças que favorecem a sua integração na sociedade.

Neste contexto e aproximando-se a época natalícia, o Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID) do Instituto Politécnico de Leiria está a promover uma campanha intitulada “Um Brinquedo por um Sorriso”.

Neste sentido, este Centro está a apelar à colaboração da sociedade civil para que tenha um pequeno, mas enorme gesto: a oferta de um brinquedo com um sistema electrónico simples, de forma a poder ser adaptado e transformá-lo num “brinquedo especial”.

Depois de adaptados às necessidades de cada um, o objectivo será realizar a oferta dos brinquedos a diferentes instituições da região de Leiria e às Unidades de Apoio Especializado, para crianças com necessidades especiais.

A adaptação será efectuada por um grupo de alunos voluntários, das diferentes Escolas do IPL, que irão dedicar um pouco do seu tempo a contribuir para mais um sorriso.

Agradecemos o envio dos brinquedos até ao próximo dia 15 de Dezembro, para a Escola Superior de Educação – Instituto Politécnico de Leiria, Rua Dr. João Soares, Apartado 4045, 2411-901 Leiria (Contacto: 244 829 488).

Divulgue esta campanha junto de outros potenciais interessados em colaborar connosco. Obrigado pelo seu contributo!

www.crid.esel.ipleiria

25 de Novembro - Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher


Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher

Um dia para lembrar, protestar e mobilizar contra a violência à mulher.



Definido no I Encontro Feminista Latino-Americano e do Caribe, realizado em 1981, em Bogotá, Colômbia, o 25 de Novembro é o Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher. A data foi escolhida para lembrar as irmãs Mirabal (Pátria, Minerva e Maria Teresa), assassinadas pela ditadura de Leônidas Trujillo na República Dominicana.

Em 25 de novembro de 1991, foi iniciada a Campanha Mundial pelos Direitos Humanos das Mulheres, sob a coordenação do Centro de Liderança Global da Mulher,que propôs os 16 Dias de Ativismo contra a Violência contra as Mulheres, que começam no 25 de novembro e encerram-se no dia 10 de dezembro, aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada em 1948.
Este período também contempla outras duas datas significativas: o 1o de Dezembro, Dia Mundial da Luta contra a AIDS e o dia 6 de Dezembro, Dia do Massacre de Montreal (leia mais sobre o 6 de Dezembro)
Em março de 1999, o 25 de novembro foi reconhecido pelas Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher.

Fonte: http://www.violenciamulher.org.br/apc-aa-patriciagalvao/home/noticias.shtml?x=90

Bancos Alimentares Contra a Fome

Os Bancos Alimentares Contra a Fome voltam a apelar à generosidade do público numa nova campanha de recolha de alimentos no fim-de-semana de 29 e 30 de Novembro. Nos estabelecimentos comerciais das zonas de Lisboa, Porto, Coimbra, Évora e Beja, Aveiro, Abrantes, São Miguel, Setúbal, Cova da Beira, Leiria-Fátima, Oeste, Algarve, Portalegre e Braga mais de 20.000 mil voluntários devidamente identificados vão convidar os portugueses a associarem-se a esta campanha e a destinarem as suas dádivas ao Banco Alimentar da respectiva região.

Trata-se da maior acção de voluntariado organizada no nosso País, por via da qual se estabelece uma gigantesca cadeia de solidariedade que permite actualmente contribuir para a alimentação de mais de 245 mil pessoas comprovadamente necessitadas, através de 1.618 instituições de solidariedade social, acompanhadas ao longo de todo o ano pelos Bancos Alimentares que as abastecem.

A combinação da solidariedade generosa dos portugueses e da eficácia comprovada da acção dos Bancos Alimentares Contra a Fome na tentativa de minorar a penosa realidade das carências alimentares, constitui a prova evidente de que a sociedade civil se pode - e deve - substituir com vantagem ao Estado na resolução de alguns dos problemas com que se confrontam as sociedades modernas, tornados recentemente ainda mais evidentes com a crise alimentar e o encarecimento dos bens alimentares que vem assolando o Mundo e aos quais Portugal não escapa.

"O Banco Alimentar precisa do herói que há em si"

Fonte: http://www.bancoalimentar.pt/noticias.php?nwsid=86

Oferta de Emprego

A Go Work, como empresa especializada na área dos Recursos Humanos está a recrutar “MEDIADOR” (M/F)

Zona: Coimbra

REQUISITOS:

- Formação universitária em Ciências Sociais;
- Experiência de trabalho com público adulto;
- Experiência mínima de 2 anos;
- Bons conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
- Bons conhecimentos de inglês;
- Escuta-activa;
- Dinamismo e Proactividade;
- Boa Apresentação.

OFERECE-SE:

- Salário compatível com a função
- Bom ambiente de trabalho

Os candidatos que se identifiquem com o perfil acima mencionado, devem enviar o seu curriculum através do nosso portal de emprego: http://emprego.gowork.pt/ ou ligar para 220104071.

Todas as candidaturas serão tratadas com confidencialidade ao abrigo da Lei de Protecção de Dados.

Observações: Somente serão consideradas as candidaturas que reúnam o perfil solicitado. Todas as restantes ficarão em base de dados para futuras solicitações. A Go Work possui o Alvará nº 544, concedido a 07/05/2007 pelo IEFP.

Fonte: Net Empregos

Emprego

Colónia de Férias da Torreia | Animador(a) Sócio-Cultural

Funções: Planificação e desenvolvimento de actividades de animação cultural

Candidaturas Abertas até 09-01-2009
Período de Contratação: 16 de Fevereiro de 2009 a 30 de Novembro de 2009

A candidatura só se tornará válida após recepção do Curriculum Vitae e fotografia nos serviços administrativos da Colónia de Férias.
Morada: Colónia de Férias da Torreia | Rua Eng. Duarte Pacheco | 3870 - 322 TORREIRA MRS

Candidaturas abertas até: 2009-01-09

Fonte: http://www.netcode.pt/bukes/ver_buke.php?bid=4023&page=3

Encontro: "(Des)construindo a Intervenção. Famílias: Soluções Positivas""

Encontro: "(Des)construindo a Intervenção. Famílias: Soluções Positivas""

Irá decorrer no próximo dia 27 de Novembro, quinta-feira, na Quinta da Valenciana, no Seixal. Durante os 4 workshops pretende-se transmitir conteúdos preventivos para situações de desgaste profissional, saturação de práticas, frustração e ausência de resultados com questionamento profissional.

Workshops

Divórcio: rupturas, oportunidades e possibilidades

Prof. Dr. Luis Miguel Neto

Professor da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

Os Adolescentes e as (re)construções de sonhos

Ana Marques Lito

Doutoranda em Psicologia Clínica, da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.

A dança da chuva – famílias, perspectivas e narrativas

Alice Matoso

Licenciada em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica

Mestre em Família e Sociedade

Revolução positiva no trabalho com as famílias

Prof. Dra. Helena Águeda Marujo

Professora da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa

A iniciativa é organizada em parceria com a Sociedade Portuguesa de Terapia Familiar e Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa.


Para mais informações: www.cm-seixal.pt

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Duração do desemprego a aumentar

A duração média do desemprego no primeiro semestre de 2008 aumentou para 23,1 meses, contra os 22 meses que cada desempregado passava em média à procura de trabalho nos primeiros seis meses do ano passado.

De acordo com o Banco de Portugal, a explicação para o aumento da duração média do desemprego, que atingiu o valor mais elevado dos últimos dez anos, é o “generoso” regime de subsídio de desemprego em vigor no nosso País.

No Boletim Económico de Outono, o Banco de Portugal assinala que a “elevada cobertura financeira” e a longa duração do subsídio pago pela Segurança Social contribuem para o crescimento do desemprego de longa duração.

As centrais sindicais já reagiram a esta justificação apresentada pelo Banco de Portugal. Carvalho da Silva, da CGTP, considera-a “uma afronta aos trabalhadores”. João Proença, da UGT, também não concorda com a explicação.

Fonte: Correio da Manhã

Emprego

Serviço Europeu de Selecção de Pessoal

Data limite: 2008-12-18

O Serviço Europeu de Selecção de Pessoal (EPSO), procede, actualmente, à organização de processos de selecção com vista à constituição de uma lista de reserva para o recrutamento de um(a) assistente social.

Fonte oficial

Anúncio no Jornal Oficial da União Europeia [en] (PDF 95KB)

Sítio da EPSO [en]

Abram o link:
http://www.eurocid.pt/pls/wsd/wsdwcot0.detalhe?p_cot_id=4572

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Seminário " ? Sombras da Sociedade"

Os alunos do 3º ano do curso de Serviço Social do ISPGaya,
estão a organizar um seminário que intitularam
de: ? Sombras da Sociedade".
Temáticas como a prostituição, os sem-abrigo, os reclusos,
o luto e atoxicodependência, serão abordados
por oradores convidados.

Este seminário realizar-se-á dia 9 de Dezembro de 2008,
no auditório do ISPGaya.

Para mais informações, por favor contactar para:
ISPGaya
Tels. 223 745 730/33 Fax 220 134 479
ou através do e-mail do seminário:
seminario.sombrasdasociedade@ispgaya.pt

O custo da inscrição será de apenas 1 euro por participante.
Cada participante poderá inscrever-se directamente
no e-mail do seminário, ou através dos telefones
acima indicados.
O pagamento será efectuado apenas no dia da realização do
seminário.

A organização agradece que os participantes se inscrevam
previamente.

Agradecemos a sua atenção e colaboração.

Com os melhores cumprimentos,
A Organização

Campanha do Académico de Leiria dá a mão a famílias carenciadas

«Foi ontem apresentada a campanha 'Mão aberta por um sorriso', da responsabilidade do Académico de Leiria, que pretende envolver toda a população do concelho de Leiria numa acção conjunta de solidariedade que começa desde já e se estende até ao Natal, culminando numa ceia na 'Aldeia do Natal'.
"As anteriores iniciativas eram insuficientes e não chegavam a todas as famílias. Queremos dar resposta a essas necessidades", começou por dizer Luís Pinto, presidente da direcção do Académico de Leiria.
Numa primeira fase, o Académico vai fazer o levantamento junto das entidades competentes (câmara municipal, junta de freguesia e segurança social) do número de famílias carenciadas no concelho de Leiria.
"Há muita pobreza envergonhada e que poderá surgir nesta altura", disse ainda.
Até 13 de Dezembro, o Académico vai estar no terreno em iniciativas de recolha de bens alimentares, roupas, brinquedos e cobertores para depois serem distribuídas pelas famílias previamente inscritas. Todas as associações e escolas são desafiadas a colaborar na recolha destes itens.
"Estamos receptivos a iniciativas que se queiram associar ao nosso projecto", concluiu Luís Pinto. Pontualmente, uma equipa de voluntários do Académico pode deslocar-se a outros locais para recolher bens angariados.
O resultado da acção será distribuído no dia 14 de Dezembro, no IPJ, que vai ser palco de uma tarde cultural, onde serão entregues cabazes de bens e onde estará exposta a roupa recolhida, para que os seus destinatários possam escolhê-la.
Mais tarde, numa iniciativa inédita em Leiria, vai ser realizada na 'Aldeia do Natal', na tenda da solidariedade, uma ceia de Natal para os sem-abrigo de Leiria. Durante o jantar, marcado para o dia 23 de Dezembro, serão entregues cobertores àqueles que mais necessitarem.»

Fonte: Diário de Leiria, Cristina Duarte

Estado corta com 10 mil pensões por invalidez por ano

O número de beneficiários de pensões por invalidez tem vindo a diminuir a grande ritmo. Nas últimas décadas, o número de pensionistas por invalidez foi diminuindo próximo de 10 mil por ano. No total o Estado cortou já com 175 mil pensões.

A melhoria nas condições de saúde, higiene e segurança no trabalho contribuem para estes números. Para este resultado contribuiu ainda a criação do Serviço de Verificação de Incapacidade Permanentes, sob a tutela da Segurança Social, que veio introduzir mais rigor na atribuição de pensões por invalidez.

Mesmo assim, o Estado gasta mais de 100 milhões de euros por mês com estas prestações sociais. Por distritos, Lisboa está à frente com maior número de pensões, seguido do Porto.

Fonte: TVI

Adopção : Mais de setenta casos de adopção sem sucesso nos últimos três anos

«Nos últimos três anos, mais de 70 crianças que foram acolhidas por uma família para adopção foram devolvidas às instituições, segundo números oficiais.

São casos cuja pré-adopção, período em que é decretada a confiança judicial a um casal depois de uma selecção, não teve sucesso.

No mesmo período, 1.431 crianças foram integradas em famílias que iniciaram a pré-adopção, que termina seis meses depois com o tribunal a decretar a adopção efectiva.

Segundo dados do Instituto de Segurança Social, em 2005 a pré-adopção não resultou para 23 crianças, cuja pré-adopção foi finda sem sucesso.

No mesmo ano, 448 crianças foram integradas em famílias que iniciaram o período de pré-adopção.

Os dados mais recentes das listas nacionais de adopção revelam que até Setembro deste ano 1.856 crianças estavam em condições de serem adoptadas.

Segundo os registos das Listas Nacionais de Adopção, 1.856 crianças estão em condições de serem adoptadas: 536 até aos três anos, 453 entre os quatro e os seis anos, 476 entre os sete e os dez anos, 339 entre os 11 e os 15 anos e 52 com mais de 15 anos.

Os mesmos dados revelam que dos 2.363 candidatos inscritos até ao final de Setembro (um candidato pode estar representado em mais do que um grupo etário), 2.308 querem adoptar crianças até aos três anos.

A adopção é o tema central do I Congresso Internacional que decorre em Lisboa na quarta e na quinta-feira, na Fundação Calouste Gulbenkian.

O encontro, subordinado ao tema "À Procura de uma história comum", é promovido pelo Instituto de Segurança Social, pela Santa Casa da Misericórdia e pela Associação Crescer Ser.»

Fonte: Agência Lusa, GC.